Valores e Realização

Empresas e projetos empresariais nascem como sonhos e visões dos seus líderes, construídos a partir da sua essência e sua alma. Os sonhos e visões transformam-se em ideias, cenários, possibilidades, estratégias, planos e projetos executivos, abastecidos por conhecimentos técnicos de pessoas competentes. A habilidade de sonhar é uma das habilidades dos líderes, a habilidade de executar e alcançar a realização bem sucedida dos sonhos e visões, uma habilidade mais rara que pode ser desenvolvida.

 

A realização bem sucedida demanda a seleção, desenvolvimento e engajamento de pessoas que aportam conhecimentos, paradigmas, vontades, atitudes, comportamentos, princípios, emoções e sentimentos alinhados, em maior ou menor grau, aos valores organizacionais. Descobrir, analisar e compreender se os valores verdadeiramente praticados pelas pessoas na organização estão alinhados às expectativas de toda a sua cadeia de valor é o ponto de partida necessário para a ampliação da consciência na organização sobre o quanto a empresa desenvolve sua operação alinhada às premissas de sustentabilidade.

 

Sendo os valores a essência que orienta as escolhas das pessoas, valores empreendidos e vivenciados nas organizações e incorporados aos seus produtos, projetos e processos empresariais, são permanentemente percebidos e avaliados pelos seus stakeholders, construindo ou destruindo o valor e a reputação das marcas e das empresas.

Valores e Autenticidade

A diferenciação e o estabelecimento de relações de confiança no longo prazo com stakeholders são partes essenciais das estratégias das organizações. A busca pela geração de atratividade e valor superior para as marcas está condicionada à construção de um maior valor percebido, somente possível por meio da entrega de benefícios diferenciados e da criação de fortes vínculos emocionais entre clientes e marcas, construídos por meio do exercício constante da empatia e da singularidade.

 

Algumas empresas cometem erros graves quando adotam estratégias dissociadas da sua verdadeira essência, sua alma. Movimentos empresariais inconsistentes com a missão e valores colocam organizações em posições de dificuldades, que poderiam ser evitadas por meio do monitoramento e da gestão dos valores praticados na organização, preservando sua autenticidade e identidade.

 

A construção de uma atratividade singular e sua consolidação nas organizações, somente é possível a partir da escolha e do estabelecimento de estratégias baseadas nos valores dos stakeholders. Empresas com culturas alinhadas aos valores de todas as partes interessadas, alcançam sua visão de futuro de forma sustentável a partir de relações singulares, valorosas e pautadas no longo prazo, que nasce da sua essência, da sua alma, do seu propósito e dos seus valores centrais.

Valores e Liderança

Liderar é compartilhar sonhos, inspirar, apoiar e conduzir com energia e destreza a resultados desejados. A habilidade de liderar está baseada na prática de valores admirados e almejados coletivamente. Líderes legítimos são aqueles que acreditam tão profundamente nos seus valores e propósitos a ponto de tomarem a decisão de vivê-los a qualquer custo. São empreendedores apaixonados, que enxergam antecipadamente os sonhos coletivos da construção de mundo melhor. Compreendem a essência dos sonhos e mergulham nos mesmos com perspicácia e determinação, transformando sonhos em projetos viáveis, pela intimidade com que exercitam as possibilidades da sua realização. Colocam toda a energia dos seus corações e a inteligência das suas mentes a serviço da criação, do novo, da descoberta e da exploração de possibilidades anteriormente não vislumbradas. Aceitam os desafios de nadar contra os paradigmas estabelecidos e consolidados, que insistem em afirmar serem os sonhos impossíveis. E finalmente realizam o impossível.

 

Líderes, em sua essência, são pessoas movidas por valores, apaixonadas, cheias de energia, inspiradoras e transformadoras. Ao mesmo tempo, pessoas que saem de si, observam, analisam, compreendem, conectam pontos em um novo nível de consciência e trazem o novo à tona. Compreendem a liderança como um processo com partida e chegada. O propósito está sempre diante dos seus olhos e a caminhada repleta de seus valores, dos quais faz uso hábil de acordo com os desafios que se apresentam. Líderes são educadores, exemplos por onde passam, pessoas que marcam vidas com um olhar, um gesto, uma palavra, uma ação e que tornam o mundo melhor.

Valores e Propósito

O propósito deve ser a referência máxima nas organizações, deve ser inspirador e engajar as pessoas, visando a construção da prosperidade e do bem-estar individual e coletivo. O compartilhamento, a conscientização e a prática dos valores nas organizações são os principais vetores da mobilização das pessoas para atingir o seu propósito. Enquanto o propósito define porque trabalhamos, os valores definem como trabalhamos e fazemos negócios na empresa e, por consequência, como não trabalhamos e não fazemos negócios na empresa.

 

Durante períodos de crise ou ameaças de perda de negócios, pessoas e empresas podem se sentir tentadas a abrir mão dos seus valores ou agir de maneira desalinhada aos seus valores. Somente valores fortes e consolidados na cultura empresarial podem ajudá-la a atravessar momentos difíceis sem ferir o caráter organizacional. Quando os valores são verdadeiramente compreendidos e praticados na organização, alicerçam o propósito, a estratégia e a execução da estratégia, tornando o desempenho empresarial sustentável e consistente.

 

Valores e propósito são o norte principal das pessoas e organizações, aos quais as estratégias, metas, processos, projetos e práticas empresariais devem estar subordinadas. Práticas empresariais alinhadas e consistentes com os valores dos stakeholders, elevam a cultura, a moral das pessoas e liberam as energias da inovação, criação de bem-estar e construção de uma elevada reputação no longo prazo, fundamental para o crescimento e sustentabilidade da organização.